Cassia D'Aquino - Notícia

O que ele disse?

“Tive a oportunidade de aprender a lidar com dívidas e toda situação financeira. E como isso me ajudou monitorar e fazer um orçamento mensal dentro do salário que entra. Não sabia que eu tinha certa compulsividade de gastos desnecessários no dia a dia. Tinha mão aberta para tudo e oferecia ajuda sem certas necessidade para pessoas, principalmente, gente da família. Hoje cortei tudo isso e vejo a vantagem á meu favor. Com essa “lavagem cerebral” aprendi dizer “não” ou “não posso” no momento. Com poucos meses após o curso, minhas economias supera a margem de poupar”.(sic)


Marinho José de Freitas