Cassia D'Aquino - Notícia

D

Day trade: ocorre quando o investidor realiza operações conjugadas, de compra e venda do mesmo título no mesmo dia, cuja liquidação é unicamente financeira, e tem como objetivo a obtenção de ganhos imediatos.

Débito: Dedução de dinheiro da conta corrente ou de outro tipo de conta. Valor devido.

Default: Calote, no jargão do mercado financeiro.

Déficit Comercial: Reflete a diferença entre o que o país arrecadou com as exportações e o que gastou com as importações. Quando o resultado é negativo (as importações são maiores que as exportações) denominamos déficit comercial. O resultado positivo é chamado de superávit comercial.

Déficit em conta corrente: Resultado negativo da conta de exportações menos importações de bens e serviços.

Déficit Nominal: Corresponde à soma do resultado primário (déficit ou superávit) com o pagamento dos juros nominais (juros reais mais correção monetária) e com a amortização da dívida pública.  

Déficit Previdenciário: É a diferença entre o que o Governo arrecada com a contribuição do funcionalismo público e o que paga através de benefícios aos servidores públicos ativos e inativos.

Déficit Primário: Ocorre quando os gastos fiscais do governo superam sua receita. Não inclui gastos com os juros das dívidas interna e externa.

Déficit Público: Acontece quando o governo gasta mais do que arrecada. Quando a arrecadação é maior do que os gastos, obtém-se superávit. Pode ser primário ou nominal.

Deflação: Ocorre quando a maioria dos preços da economia diminui. Mostra que produção e o consumo de bens e serviços produzidos num país estão decrescentes. Quando se torna constante conduz à recessão, provocando o agravamento do padrão de vida das pessoas

Demanda: O desejo e a capacidade de comprar  produtos  ou serviços. Pode-se dizer também  da soma de ativos, títulos ou valores mobiliários que um conjunto de investidores está disposto a comprar, a determinado preço ou cotação.

Depositante:
que ou aquele que deposita.

Depositar: Colocar em um banco

Depósito: Moeda guardada em um  banco para conservação, proteção ou acúmulo.

Depósito Compulsório: É a reserva obrigatória recolhida dos depósitos bancários, conforme percentual fixado pelo CMN, com a finalidade de restringir ou de alimentar o processo de expansão dos meios de pagamento.

Depressão: Fase do ciclo econômico marcada pela diminuição da produção, tendência à baixa dos preços e ao aumento do desemprego.

Derivativos: São os mercados futuros e de opções, que viabilizam as operações de hedge. Operam preços futuros de ações, Índice Bovespa, dólar, ouro, juros e mercadorias agrícolas.

Despesas: O que se gastou ou consumiu.

Despesas fixas: O custo total das necessidades básicas.

Despoupança: Fato de transformar uma poupança em consumo.

Dinheiro: Moeda circulante; meio de troca.

Dívida: Empréstimo ou financiamento temporário que deve ser pago com juros.

Dívida Externa: Dívida dos agentes econômicos de um país, com credores em outros países.

Dívida Interna: Dívida em moeda local, dos agentes econômicos de um país, com credores de um mesmo país.

Dívida Pública: Tudo o que o Governo gasta com empréstimos e emissões de títulos.

Dividendos: É a parcela dos lucros de uma empresa que é distribuída, em dinheiro, aos acionistas. Quanto mais ações alguém tem de uma empresa, mais dividendos vai receber se ela der lucro.

Divisas: Disponibilidade de moeda estrangeira de um determinado país.

Doc: Documento para transferência de valores  entre contas-correntes. Sua utilização para transferência de valores para contas de poupança não é de aceitação obrigatória pelos bancos.

Dólar Comercial: Utilizado nas operações comerciais do país, no pagamento do serviço da dívida externa e para remessa de dividendos das empresas com sede no exterior. Corresponde ao valor em reais do dólar nessa operação.

Dólar Flutuante: Utilizado nas operações financeiras e na conversão de dólares de residentes. Corresponde ao valor em reais do dólar nessa operação. O mesmo que dólar turismo.

Dólar Paralelo: Utilizado nas operações de compra e venda de moeda estrangeira, fora dos mercados organizados (mercado paralelo). Corresponde ao valor em reais do dólar nessa operação.

Dólar Turismo: Ver Dólar Flutuante.

Dolarização:
Substituição formal das moedas de um país pelo dólar americano.

Down Jones: Índice da Bolsa de Nova York, criado em 1896 por Charles H. Down. Representa a rentabilidade do grupo de trinta ações mais negociadas diariamente no pregão.

Dumping: Prática desleal de preços abaixo do custo no comércio internacional.