F

Falência: Situação em que se encontra a pessoa ou estabelecimento comercial que se torna inadimplente.

Fatura: documento que comprova a venda a prazo.

Favorecido: aquele que recebe um cheque.

FEBRABAN: Entidade de classe que representa os bancos de todo o país.

FED - Federal Reserve. É o Banco Central dos Estados Unidos. É a partir da atuação do FED que sobem ou descem as taxas de juros no mercado americano, definindo uma tendência que outros países acompanham.

FIEX: Sigla de Fundo de Investimentos no Exterior. Fundo de investimento, que aplica no mínimo 60% de seus recursos em títulos da dívida externa brasileira.

Financiamento: Empréstimo; aquisição de bens ou serviços que serão pagos ao longo de um período de tempo, acrescidos de encargos.

Fluxo de caixa: Registro do movimento de entrada e saída de dinheiro de uma empresa, órgão governamental ou mesmo de uma família.

FMI - Fundo Monetário Internacional. Criado em 1944, pelo Acordo de Bretton Woods, é o organismo financeiro da Organização das Nações Unidas , com sede em Washington. Pretende corrigir os desequilíbrios no balanço de pagamentos dos países-membros que possam comprometer o equilíbrio do sistema econômico internacional. Geralmente, o auxílio do FMI incorre em medidas econômicas ortodoxas, como cortes de gastos públicos.

Fundo Garantidor de Crédito (FGC): Fundo criado para oferecer garantia a determinados créditos mantidos por correntistas, ou investidores, contra instituições financeiras submetidas a regime especial de liquidação extrajudicial. Protege as aplicações até R$20 mil, por cliente, e abrange as contas de poupança, conta corrente, CDB’s, RDB’s, letras de câmbio, letras hipotecárias e letras imobiliárias.

FGV 100: calculado pela Fundação Getúlio Vargas, este índice mostra a evolução de uma carteira teórica composta por 100 ações, selecionadas entre as mais negociadas.

Fundos alavancados:
utilizam operações de mercados derivativos - como opções e futuros - para aumentar seus ganhos, numa estratégia que também traz maior risco ao fundo.

Fundos balanceados: são destinados aos investidores que procuram combinar a estabilidade dos rendimentos de renda fixa com diferentes parcelas de risco de renda variável.

Fundos cambiais:
representam opção de investimento em títulos indexados ao dólar ou ao euro. Acompanha as flutuações cambiais.

Fundos de Investimento: Através da emissão de um certificado de investimento, denominado em cotas, concentra capitais de inúmeros investidores que aplicam seus recursos em títulos, valores mobiliários, instrumentos financeiros, derivativos ou commodities negociadas em bolsa de mercadorias e futuros.

Fusão: Ocorre quando duas companhias decidem unir seus negócios.