Dinheiro compra felicidade?

Se você é daqueles que acha que dinheiro compra tudo, até felicidade, prepare-se para uma surpresa.
Pesquisas realizadas recentemente encontraram níveis de felicidade muito parecidos entre pessoas muito, muito, ricas e entre os membros da tribo africana dos Maasai, uma das mais tradicionais do Quênia. Se você nem imagina como é a vida nessa tribo, eu explico. O jovem maasai, para ser aceito como adulto, deve combater um leão até a morte utilizando apenas uma espada, sem qualquer tipo de escudo ou arma de fogo. Pois é, a vida entre os maasai não é exatamente uma moleza.

Para os pesquisadores da Universidade de Michigan, envolvidos nesse estudo, uma possível explicação para os resultados que encontraram tem a ver com o fato de que o cérebro humano se acostuma facilmente às experiências positivas. Por isso, receber um aumento de salário ou uma herança generosa é percebido inicialmente pelo cérebro como um acontecimento feliz. O problema, no entanto, é que com o passar do tempo a emoção inicial perde força e impacto. Perde a graça.

E tem mais. De acordo com os pesquisadores, o modo como as pessoas gastam o dinheiro pode inclusive torná-las mais infelizes. Quer um exemplo? Vamos imaginar que você seja uma dessas pessoas que adora viver cercado de gente. Num dia de sorte ganha na mega-sena, sozinho, um prêmio acumulado de seis meses. Gostou? O que você faria com o dinheiro?Em primeiro lugar largaria o emprego, certo? Em segundo lugar, provavelmente comprasse uma super mansão, em algum lugar afastado, elegante, bem longe dos olhares de vizinhos bisbilhoteiros. Acertei? Então diga: quanto tempo você acha que suportaria todo esse isolamento- sem amigos nem vizinhos, desconfiando do súbito afeto dos parentes- antes de cair em profunda depressão?

Por fim, a pesquisa apresentou uma outra conclusão, ainda mais interessante: existe sim uma relação entre felicidade e dinheiro. As pessoas que se sentem mais felizes tendem a ter mais sucesso financeiro no decorrer da vida. Ou seja, não é o dinheiro que compra a felicidade. É a felicidade que atrai dinheiro para a vida da gente.