Além do próprio umbigo

O dinheiro serve para gastar e para poupar. Mas, além disso, ele permite que a gente possa colaborar, nem que seja um pouquinho, para melhorar a vida de outras pessoas. Você pode fazer doações para instituições de caridade ou para alguma organização que defenda causas com as quais você simpatize. Por exemplo, as que preservam as florestas ou defendem os animais em extinção. Por fim, lembre-se que dinheiro não é a única coisa que podemos doar. Todos nós podemos doar também o nosso tempo .

Veja a seguir algumas ideias que poderão lhe ajudar a descobrir a melhor forma de doação.

Se você quer doar dinheiro
1 Defina quanto você pretende doar.
2 Decida com que frequência pretende fazer a doação. Ela pode ser semanal, anual, etc.
3 Informe-se sobre a entidade que você escolheu ajudar. Faça uma visita a instituição ou informe-se com outros doadores.
4 Lembre-se de que não existem apenas grandes instituições. Muitas vezes a sua ajuda poderá ser mais eficiente se for destinada a alguma bem pequenina.

Se você quer doar seu tempo
1 Defina de que maneira você pode ajudar. Pense nas suas habilidades e imagine de que maneira elas podem ser úteis aos outros.
2 Procure uma instituição que aceite o trabalho voluntário de uma criança. Peça que seus pais lhe ajudem nesta busca
3 Determine um horário para sua atividade voluntária. Lembre-se que ela não deverá atrapalhar seus afazeres de casa e da escola.

Se você quer doar bens materiais
1 Escolha o que quer doar e defina se será material novo ou usado. Os materiais mais requisitados pelas instituições são alimentos, produtos de limpeza, material escolar, roupas e móveis.
2 Procure uma entidade que aceite esse tipo de doação.
3 Informe-se a respeito do destino dos materiais. Pergunte na instituição se eles serão usados pela própria entidade ou serão vendidos em feiras ou bazares.
4 Em caso de doar roupas ou brinquedos usados, verifique se estão em bom estado para serem aproveitados. Se estiverem com defeito, procure saber se a instituição tem como consertá-los. Não se esqueça que , ao invés de ajudar, material estragado pode trazer é prejuízo para a instituição.